English EN Portuguese PT Spanish ES

O que fazer em Jujuy na Argentina?

Jujuy é uma província localizada no norte da Argentina. Ela faz fronteira com Bolívia e Chile. O lugar encanta devido as diversas paisagens e atrações.

Sugiro combinar Jujuy + Salta na mesma viagem, já que ambas as províncias são perto e possuem muitos lugares interessantes para serem visitados.

Paisagens de Jujuy na Argentina.

Como chegar em Jujuy?

A província possui um aeroporto que fica na cidade de Perico, a 33 quilômetros do centro de San Salvador de Jujuy. A grande maioria dos voos faz conexão em Buenos Aires.

Uma forma alternativa de chegar é através do aeroporto de Salta, que fica a aproximadamente 130km da capital San Salvador de Jujuy.

Algumas empresas de ônibus como a Flecha Bus também atuam na região.

O que fazer em Jujuy?

1- Salinas Grandes

Para mim essa é uma atração imperdível! As Salinas Grandes estão localizadas a uma altitude média de 3.450 metros acima do nível do mar. Abrange uma área de 212 km² e são conhecidas por seu vasto deserto branco. Para chegar lá pode-se alugar carro ou contratar uma excursão.

Para entrar no local é preciso ter um guia que acompanha os veículos(nõ se faz o tour sozinho a pé). É cobrado uma taxa por veículo de 1200 pesos( abril 2022).

Salinas Grandes. Jujuy.
Salinas Grandes. Jujuy.

A guia explica toda a história de formação das piletas( que são as “piscinas de sal” de onde se faz extração), e conta também curiosidades do local. Após parada para fotos, ela leva os turistas até os chamados Ojos del salar, que são lagoas turquesas em meio ao deserto branco.

Ojos del Salar. Jujuy.
Ojos del Salar. Jujuy.

Uma observação importante é que o clima nas salinas é seco, e muitas vezes difere muito de San Salvador de Jujuy, mesmo estando a uma curta distância. Pode estar chovendo e muito frio na capital e no mesmo dia estar quente com céu bem azul nas salinas.

2-  Cuesta del Lipan

Essa é a estrada que liga Purmamarca a Salinas Grandes. No caminho há vários mirantes para se apreciar a vista.

Cuesta del Lipan.

Com pouco mais de 15km de extensão, a estrada tem uma inclinação constante, saindo de 2.192m de altitude até 4.170m em poucos minutos, até descer novamente e estabilizar em 3.450m de altitude. São muitas curvas, então juntando com a altitude podemos sentir náuseas.

Cuesta del Lipan.

3- Purmamarca

Esse é um dos povoados da Quebrada de Humuahaca, região que é patrimônio cultural da humanidade.

Purmamarca e seus artesanatos na rua.

Um local que tem que visitar na cidade é o mirante El Porito. De lá podemos avistar a montanha de 7 cores:

Montanhas de 7 cores.
Mirador El Porito.

Eu fiz base na capital San Salvador de Jujuy, mas muitos também se hospedam por alguns dias aqui nessa cidade. Um local que conheci e gostei bastante foi o Hotel El Manantial del Silencio , eu almocei por lá e fiquei com muita vontade de voltar e ficar hospedado também, porque é realmente muito bonito.

Hotel El Manantial del Silencio.
Hotel El manantial del Silencio.

O almoço foi maravilhoso! Experimentei o tamal de entrada, que é uma comida típica da região e lembra nossa pamonha:

Tamal + Carpaccio. Restaurante Manantial del Silencio.

Um prato principal que eu sugiro pedir lá é a carne com vegetais:

Carne argentina com vegetais.

Ruta Nacional Nº52 Km 3,5 Purmamarca – Quebrada de Humahuaca Provincia de Jujuy – Argentina

Telefone:(54) 0388 4908080

www.hotelmanantialdelsilencio.com

4- Maimará

Essa é outra cidadezinha na região que também é bem visitada. Uma atração que chama atenção é o Mirante Paleta do pintor.

Mirador al cerro Paleta del pintor.
Mirador al cerro Paleta del pintor.

Esse também é um local que pertence a quebrada de Humahuaca.

4- Tilcara

Essa cidade também é uma ótima base para explorar a quebrada de Humuahaca.

Ruas de Tilcara.

A principal atração da cidade é Pucará de Tilcara, que é uma fortificação pré-incaica localizada em uma colina.

Pucará de Tilcara.

Para conhecer esse local , estrangeiros pagam 500 pesos(abril 2022) e pode-se fazer uma visita por conta ou guiada. 1 hora e 30 minutos achei suficiente para explorar tudo.

Pucará de Tilcara.

Lá dentro também tem um jardim botânico com várias espécies de cactos:

Jardim botânico de cactos. Pucará de Tilcara.

Em Tilcara, sugiro o restaurante de comida regional A la Payla . Ele fica na região da praça principal. Considere pedir o prato do dia que gira em torno de 500 pesos.

Restaurante A la Payla Tilcara.
Carne de llama. Restaurante A la Payla Tilcara.

5-Serranias del Hornocal

Essa é uma das montanhas mais bonitas e com maior variedade de tons.

Serranias del Hornocal.

Pode-se fazer um pequeno percurso e chegar bem perto das montanhas, mas por estar a mais de 4000 metros de altitude esse trajeto é bem cansativo.

Serranias del Hornocal.

Essa cadeia de montanhas está localizada a 25 quilômetros da cidade de Humahuaca. A estrada para chegar até lá é bem bonita.

Estrada que leva a serranias del Hornocal.

6- Humahuaca

Cidade bem pequena que costuma também receber muitas turistas que estão girando pela região. Eu passei algumas horas lá e gostei do centrinho e das casas todas no mesmo estilo.

Humahuaca. Jujuy.

7- Lagoa Yala

Essa lagoa fica relativamente perto de San Salvador de Jujuy. É um lugar bem bonito para contemplação, mas não se pode nadar. Aos finais de semana costuma ficar mais cheia e muitos vão lá para almoçar e fazer piqueniques.

Laguna Yala.
Laguna Yala.

8- Termas de Reyes

Esse é um hotel nas montanhas que tem piscina com águas termais. Quem quiser, pode pagar 500 pesos o day use(abril 2002) e assim poder desfrutar o lugar.

Termas de Reyes.

9-El Carmen e Dique la Cienaga

El carmen é um vilarejo perto de San Salvador de Jujuy(aproximadamente 40 minutos de carro). Lá encontramos a represa La Cienaga. Um local bem bonito e arborizado:

Dique la Cienaga.
Dique la Cienaga.

Compensa muito ir almoçar no restaurante Dique la Cienaga . É um local super agradável com montanhas em volta e a represa:

Dique la Cienaga Restaurant.

Sugiro experimentar o prato mais pedido, que é o peixe Pejerrey. Eles fazem de diversas maneiras: Assado, frito e empanado:

Peixe Pejerrey com salada.

Uma sobremesa local que recomendo é o quesillo com doce de leite:

Quesillo com doce de leite.

Onde ficar em Jujuy?

El Arribo hotel

O El Arribo hotel é uma ótima opção no centro de San Salvador de Jujuy, capital da província. Eu usei como base lá e fui fazendo os passeios todos os dias indo e voltando.

Hotel El Arribo Jujuy.

O El Arribo Hotel  foi construído em uma mansão familiar do final do século XIX que foi reinventada.

As acomodações são divididas nas categorias: Standard individual,Standard doble, Standard triple, Standard cuádruple e acomodação Concept Doble Jardín.

Acomodação. El Arribo Hotel.

Os quartos  mantêm seus tetos altos e piso de pinho. Possuem TV Smart 32”, Frigobar, Banheiro privativo com ducha e wifi gratuito.

O café da manhã é incluído na diária. Há opção de pães com frios, iogurte, cereais, frutas, doce de leite,bebidas quentes e frias.

Café da manhã. El Arribo Hotel.

Gral. Belgrano 1263, Y4600 San Salvador de Jujuy, Jujuy, Argentina

+54 388 4222539

[email protected]

elarribo.com.ar

O Drdiegoviajando visitou a província a convite da Visit Jujuy . Deixo aqui meu agradecimento a todo serviço prestado com motorista e carro disponibilizado durante toda a viagem.

Para mais informações e dicas, acesse meu instagram @drdiegoviajando .

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Dr. Diego Viajando

Posts Relacionados

Dicas de Edimburgo na Escócia

Edimburgo é a capital da Escócia no Reino Unido. Ela tem uma beleza única! A cidade é dominada pelo Castelo de Edimburgo construído sobre uma

O que fazer em Buenos Aires?

Buenos Aires, capital da Argentina, sempre foi um destino requisitado por brasileiros devido a proximidade com nosso país, e atualmente também devido aos preços que

Onde comer em Londres?

Londres é um dos destinos mais desejados por brasileiros e não é para menos! A cidade é bem animada e com muitas atrações. No quesito