English EN Portuguese PT Spanish ES

O que fazer em Salta na Argentina?

Salta é uma província no noroeste montanhoso da Argentina. A capital leva o mesmo nome, sendo conhecida pela arquitetura colonial espanhola e pela herança andina. Muito comum combinar Salta e Jujuy na mesma viagem, já que ambas as províncias são bem proximas. A região é muito bonita e merece uma atenção especial!

Satla. Argentina.

Como chegar em Salta?

O aeroporto Martín Miguel de Guemes vai receber voo direto de Guarulhos a partir de 2022. Assim ficará mais fácil para os brasileiros chegarem em Salta sem a necessidade de passar por Buenos Aires. A Aerolineas Argentinas é a empresa que fará esse trajeto.

É possível também chegar de ônibus, vindo de Mendoza, Jujuy, Tucuman, Buenos Aires e outras cidades. Eu fiz o trajeto de Mendoza para Salta com a Flecha bus , e mesmo sendo 17 horas de viagem, achei bem tranquilo!

Ônibus Flecha Bus de Mendoza para Salta.

Para se locomover dentro da capital há muitos táxis circulando e os preços são bem acessíveis.

Quando ir a Salta?

É possível viajar para Salta durante todo ano e se encantar com o lugar. No verão é mais chuvoso e no inverno faz mais frio. Indo de Março a Maio e de Setembro a Novembro você evita as altas temperaturas no verão e baixas do inverno.

O que fazer em Salta?

1- Tren A las Nubes

Essa é sem dúvidas a principal atração da região. Muitas pessoas inclusive vão somente para fazer esse passeio, mesmo sabendo que Salta oferece muitos outros atrativos.

Tren a las Nubes.

O Tren a Las Nubes (Trem para as Nuvens) é uma das mais famosas atrações turísticas da Argentina. Ele percorre um trajeto com paisagens incríveis e muitas curvas em meio as montanhas coloridas. Atravessa também pontes, túneis e viadutos, sendo o mais impressionante o Viaducto La Polvorilla que fica a 4200 metros acima do nível do mar.

O passeio começa bem cedo às 7h na estação de trens de Salta, que fica na rua Ameghino com Balcarce. Eles sugerem chegar 1 hora antes devido a possibilidade de filas. Como eu queria tomar café da manhã no hotel, cheguei por volta das 6:30h e comigo deu tudo certo.

O passeio completo se inicia na verdade com um ônibus, que faz um trajeto de aproximadamente 5 horas(parando) até San Antonio de los Cobres, cidade que fica a quase 4000 metros de altitude. O café da manhã com pão, alfajor, bebida e medialuna é incluído para quem compra o day tour Ônibus+trem. O motorista faz uma parada de 25 minutos para essa refeição. Há também algumas paradas para apreciar a pasiagem durante o trajeto.

Montanhas a caminho de San Antonio de los Cobres.
Trajeto de ônibus até San Antonio de los Cobres.

Por volta das 12h é quando o ônibus chega em San Antonio de Los cobres e de lá somos direcionados para o trem.

Trem para as Nuvens. Salta.

Quando reservamos o passeio, temos lugares marcados nos vagões, mas no percurso de ida vamos nos lugares estabelecidos, e na volta trocamos para o lado oposto. Assim quem está do lado direito pode ver as paisagens do lado esquerdo na volta e vice versa.

Paisagem durante o trajeto.
Paisagem. Tren a las Nubes.

É bom mascar folhas de coca no trajeto para não sentir os efeitos da altitude. Eu costumo apresentar um pouco de taquicardia ao passar dos 4000 metros, mas nada muito preocupante. Tem pessoas que já sentem efeitos piores com nauseas e dor de cabeça.

O trajeto de trem dura em torno de 2 horas com 30 minutos de parada no viaduto la Polvorilla, onde todos os passageiros desembarcam para tirar fotos e comprar lembranças, pois há muitos vendedores. É bem disputada a foto com o viaduto átras, mas eu particularmente preferi a foto de dentro do trem.

Viaducto La Polvorilla.

Após o percurso ida e volta, todos regressam a San Antonio de Los Cobres e há uma parada de aproximadamente 1 hora para o almoço(não incluso). O ônibus volta para Salta e chega por volta das 20h. É um passeio bem cansativo porque tem muito tempo de estrada mas na minha opinião valeu a pena.

Saiba que há também a possibilidade de comprar somente o trem( sem o ônibus) e fazer o trajeto até San Antonio de los Cobres por conta própria.

Contatos para reservas:

[email protected]

trenalasnubes.com.ar

O preço do passeio ônibus + trem para adultos, estrangeiros é AR$17.600(abril 2022). Confira sempre no site oficial porque os preços na Argentina oscilam muito, e pagando no cartão de crédito sempre vale o câmbio oficial.

2- Ida a Cachi

Cachi é uma pequena cidade bem charmosa da província de Salta. É um local ideal para um day tour saindo da capital. Você pode contratar agências, ou se gostar de fazer tudo por conta, alugar um carro. Muitos fazem esse percurso de moto também.

Entrada de Cachi. Salta.

Um dos principais motivos que levam turistas até lá, é o fato do trajeto entre a capital Salta e Cachi ser muito bonito, com diversos atrativos pelo caminho. O primeiro cenário que vemos é a quebrada de Escoipe, que é um local com um rio que leva esse mesmo nome e possui montanhas ao redor:

Quebrada de Escoipe.

A Cuesta del Obispo é um trecho de estrada muito bonito com várias curvas, chegando a mais de 3000 metros de altitude:

Cuesta del Obispo.

Lá no topo encontramos também o mirante Piedra del Molino com uma capela e cenário incrível da estrada:

Mirador Piedra del Molino.

Após subida, chega-se a chamada recta de Tin-Tin e lá podemos avistar muitos cardones, que são cactos encontrados na região. Há muitos guanacos passando na região.

Guanacos. Recta de Tin-Tin.

O famoso parque nacional los cardones apresenta muitos cactos gigantes. É um local incrível!

Parque nacional los cardones.

Chegando em Cachi recomendo passar algumas horas, almoçar tranquilo no povoado antes de retornar a Salta. Tem um cemitério no alto com uma vista bonita da cidade.

Cachi vista do alto.
Centro de Cachi.

3- Ida a Cafayate

Assim como Cachi, Cafayate é outra cidade que sempre entra no roteiro de quem visita Salta. Isso porque o trajeto até lá também é bonito, com alguns atrativos no caminho.

Centrinho de Cafayate.

Saindo da capital vamos em direção a Quebrada de las Conchas. São cenários surpreendentes com montanhas e vegetação.

Quebrada de las Conchas.
Quebrada de las Conchas.

O primeiro ponto de parada interessante é a Garganta del Diablo. Uma formação rochosa muito bonita!

Garganta del Diablo. Salta.

Depois vale a pena seguir de carro para o Anfiteatro, que é outra formação rochosa:

Anfiteatro. Salta.

Seguindo pela estrada tem o mirante 3 cruces, que tem uma vista bem bonita:

Mirador Tres Cruces.
Mirador Tres Cruces.

No caminho de Cafayate, bem perto da chegada, recomendo muito o restaurante Milla 7 . Não fica longe do centro da cidade e fica localizado em uma região incrível.

Restaurante Milla 7 e a linda paisagem rural.
Plantação na região do restaurante Milla 7.

O interessante desse restaurante é que podemos provar um pouco de cada comida típica salteña. Eu pedi o tapeo norteño que vem com locro(abóbora com feijão), Humita( que é um creme de milho), linguiça, batatas, almondegas, empanadas e cebolas caramelizadas. Gostei muito de tudo!

Tapeo Norteño. Restaurante Milla 7.
Tapeo Norteño. Restaurante Milla 7.

Ruta 68 km 11, A4427 Cafayate, Salta, Argentina

instagram.com/milla7cafayate/

Há algumas vinícolas também para se visitar em Cafayate. Eu fui na Utama, que é uma bodega familiar. O dono nos recepcionou e contou um pouco da história do local.

Vinícola Utama. Cafayate.

4- Teleférico San Bernardo

Esse teleférico possui uma bela vista da cidade de Salta! Custa 1000 pesos ida e volta(abril 2022), mas é possível subir o morro San Bernardo a pé também.

Cidade de Salta.
Teleférico San Bernardo.

Av San martin Esq Hipólito Irigoyen

www.telefericosanbernardo.com

Onde ficar em Salta?

1- Alejandro I Hotel

É um hotel 5 estrelas muito bem localizado no centro da cidade de salta.

Hotel Alejandro I. Salta.

Com 14 andares, o Hotel dispõe de 160 quartos, 3 Suites Júnior, 3 Suites Executivas e 1 Suite Presidencial. Todos eles com uma decoração incrível, oferecendo vistas da cidade com suas torres históricas e a colina de San Bernardo. Eu me hospedei em uma acomodação estandar de 30 m2 com:

• TV LCD 32”

• Cofre de segurança

• Ar condicionado e aquecimento com controle individual

• Frigobar

• Telefone

• Conexão Wi-Fi

• Mesa de trabalho

• Banheiros equipados com banheira, box, secador de cabelo e amenities.

• Pisos flutuantes

• Carregador USB

Acomodação Estandar. Alejandro I.
Acomodação Estandar. Alejandro I.

O Alejandro I possui uma área com uma academia bem completa, além de piscina aquecida indoor.

Academia. Alejandro I.
Piscina indoor. Alejandro I.

O café da manhã é excelente! Tem de tudo! Você pode se servir a vontade com pães, bolos, alfajores, frutas, tortas e muito mais:

Café da manhã. Alejandro I.
Café da manhã. Alejandro I.
Café da manhã. Alejandro I.

Balcarce 252 – Salta – (A4400EJF)

Tel: +54 387 400 0000

[email protected]

www.alejandro1hotel.com.ar

2- House of Jasmines

Estancia de charme da rede Relaix e Chateau, o House of Jasmines fica um pouco afastado do centro, em uma área bem tranquila onde podemos ter contato com a natureza.

Entardecer no House of Jasmines.

As acomodações do hotel são divididas nas categorias: Suite, Junior Suite, Superior room, Standard room e Standard room com terraço.

Eu me hospedei em uma das 3 suites situadas em uma charmosa casa a poucos metros da residência principal. Mediante solicitação, a Suíte pode ser preparada com uma cama de casal king size ou duas camas de solteiro.

Suite. House of Jasmines.

Com uma área de cerca de 40 m², a suíte possui sala de estar separada e abertura para um terraço privativo com vista para a Cordilheira dos Andes. As acomodações possuem: TV por satélite com canais internacionais, Wifi grátis, Ar condicionado/aquecimento e amenidades para banho.

Suite. House of Jasmines.
House of Jasmines.

O hotel também oferece um centro de relaxamento totalmente equipado e com uma equipe de profissionais bem qualificados.

Spa. House of Jasmines.

No local há uma sauna, um banho turco, três salas de tratamentos (1 para casais) e duas salas de relaxamento.Há uma variedade de tipos de massagem: relaxante, drenante, pedras quentes, tailandesa e reflexologia.

Spa. House of Jasmines.

O House of Jasmines conta com uma piscina na área externa:

Piscina. House of Jasmines.

Para lazer também é possível pegar algumas bicicletas disponíveis e rodar pela região.

Bicicletas. House of Jasmines.

O restaurante La Table oferece pratos caseiros. O Chef propõe um cardápio composto exclusivamente por pratos tradicionais e especialidades do norte da Argentina como os tamales (empanadas com pasta de milho) e o asado, que é o churrasco tradicional argentino.

Restaurante La Table.
Empanadas argentinas.
Bife de chorizo com pure de abóbora.
Salada 7 colores + Quesillo.
Cheescake de maracujá.

O café da manhã pode ser estilo buffet ou à la carte. Há opções de pães, frios, iogurtes, doces, bebidas quentes e frias.

Café da manhã. House of Jasmines.
Café da manhã. House of Jasmines.

Ruta Nacional N 51 km 6, La Merced Chica, Salta Argentine

WhatsApp : + 54 9 2614 90 2339

www.houseofjasmines.com

Onde comer em Salta?

1- Doña Salta

Esse é um ótimo restaurante para provar comida local como locro, tamal, empanadas salteñas dentre outras.

Empanadas Salteñas. Doña Salta.

Os pratos principais mais pedidos são cazuela de lentilhas e locro, que é um prato que vem com feijão branco, abóbora e proteína.

Pratos principais. Doña Salta.

Uma sobremesa bem salteña é o quesillo com a fruta cayote:

Quesillo com Cayote.

Córdoba 46, A4400 Salta, Argentina

instagram.com/donasaltarestaurante

2- José Balcarce Bistró

Esse restaurante também oferece o melhor da gastronomia salteña. O cardápio é bem variado e os pratos possuem mesclas de sabores com combinações que dão certo.

A entrada que eu escolhi foi a Papines al infierno, que consite em batata andina com picles e cebola:

Entrada. Jose Balcarce Bistró.

 Meu prato principal foi truta com vegetais e purê:

Truta com vegetais e purê.

 A sobremesa é bem diferente, pois combina chocolate com pimenta:

Chocolate com pimenta.

Necochea 594, Salta, Argentina

www.josebalcarcebistro.com.ar

3- El Gauchito Salteño

Essa é uma loja que vende alfajores, cones e chocolates artesanais. Gostei bastante dos produtos deles.

El Gauchito Salteño.

Eles vendem inclusive cuias para mate, vinhos e geleias.

Compensa levar as caixas de alfajores om 12. O recheio é de doce de leite ou frutas.

Alfajores. El Gauchito Salteño.

Caseros 269, A4400 Salta, Argentina

instagram.com/elgauchitosalta

O Drdiegoviajando visitou a província a convite da Visit Salta . Deixo meu agradecimento ao ministério do turismo que deu todo apoio com carro e motorista para conhecer a região.

Para mais informações e dicas, acesse meu instagram @drdiegoviajando .

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Dr. Diego Viajando

Posts Relacionados

Dicas de Edimburgo na Escócia

Edimburgo é a capital da Escócia no Reino Unido. Ela tem uma beleza única! A cidade é dominada pelo Castelo de Edimburgo construído sobre uma

O que fazer em Buenos Aires?

Buenos Aires, capital da Argentina, sempre foi um destino requisitado por brasileiros devido a proximidade com nosso país, e atualmente também devido aos preços que

Onde comer em Londres?

Londres é um dos destinos mais desejados por brasileiros e não é para menos! A cidade é bem animada e com muitas atrações. No quesito