África do Sul: Dicas e sugestão de roteiro

A África do Sul é uma excelente escolha para quem quer desbravar o continente africano e viver experiências incríveis. Além de ser um país desenvolvido com uma boa infra estrutura turística, tem voos do Brasil direto a Joanesburgo, principal porta de entrada do país para nós brasileiros.

Sugestão de roteiro: 2 dias em Joanesburgo(sendo um na chegada e um na partida caso você não combine com nenhum outro país africano) + 3 dias de safari no Kruger Park + 3 dias no resort Sun City + 5 dias na Cidade do Cabo. Sendo que você pode adaptar esse roteiro conforme seus gostos pessoais e interesses no país. Há pessoas por exemplo que preferem ficar mais tempo fazendo safaris e outros que preferem cortar Joanesburgo.

Vista da Cidade do Cabo

Quando ir?

Por ser um país relativamente grande o clima varia de cidade para cidade. As estações do ano coincidem com as brasileiras, sendo os meses de dezembro, janeiro e fevereiro verão.

Independente da época do ano escolhida a agua do mar na Cidade do Cabo é super gelada, tipo gelo derretido e ninguém aguenta ficar muito tempo dentro dela, mas normalmente faz calor durante o dia no verão, então muitos aproveitam a praia mesmo assim.

Eu fui duas vezes para África do Sul, uma em dezembro/janeiro e outra em outubro/novembro. As duas vezes peguei clima agradável e usei roupas de frio somente um dia no safari do Kruger pela manhã.

O que fazer em Joanesburgo?

Joanesburgo tem fama de ser uma cidade violenta por isso muitos acabam pulando essa parte e partindo para outros lugares. De fato não é uma cidade muito segura, tendo que tomar alguns cuidados, mas há áreas turísticas como o bairro de Sandton onde se pode caminhar mais tranquilo. Eu fiz um tour com a Stephenson Adventures e gostei bastante dos serviços deles. Realmente o Stephenson é um excelente guia e te leva em vários lugares bacanas da cidade.

O tour começou logo cedo e a primeira parada foi a Nelson Mandela Square que é um dos lugares mais badalados da cidade. Tem shopping center, lojas e restaurantes, incluindo Hard Rock Cafe. Fica na área de Sandton que é um bairro com prédios modernos, hotéis de luxo e muitos pontos comerciais.

Nelson Mandela Square
Nelson Mandela Square

Passei por outros bairros nobres de Joanesburgo inclusive fui até a casa onde Mandela morou pouco antes de falecer, tem várias homenagens na porta de entrada. O bairro Houghton onde ele morava é super limpo, cheio de jacarandás nas ruas.

Bairro Houghton

Continuando o passeio pela cidade foi a vez de ir no museu Constitution Hill, local que serviu de prisão para Nelson Mandela,Mahatma Gandhi, além de outros ativistas que lutaram contra o Apartheid. Foi uma visita guiada de 1 hora e custou 80 Rands o ticket. Dá para visitar também a sela onde ficou Mandela.

Exemplo de como era o banheiro para os prisioneiros

Outro ponto de interesse que conheci foi o Top of Africa. Custou 30 rands o ticket(outubro 2019). Tem uma visão muito legal da cidade em dias ensolarados:

Vista do Top of Afrika

Um dos principais museus e que na minha opinião é muito importante ser visitado é o Museu do Apartheid, para entender o horror que a África do Sul viveu num passado não tão distante.

Entrada do Museu do Apartheid

A tarde depois de girar muito foi a vez de enfim conhecer o famoso bairro Soweto, diferente do que eu pensava além da parte mais pobre também tem uma parte mais rica.

Bungee Jump. Quem encara?

Lá dentro um dos moradores nos acompanha pelas casas mais humildes e faz um breve tour. Pedem somente uma gorjeta para ajudar a comunidade, não tem valores fixos.

Exemplo de moradia no Soweto

Almocei lá mesmo no Soweto em um restaurante self service e ficou em média 20 dólares com sobremesa. A última parada do tour com o Stephenson foi na casa de Mandela que hoje em dia é um museu. A Mandela House é outra atração muito visitada em Joanesburgo.

Stephenson Adventures

12 Pretoria Road
Kempton Place
Kempton Park
1619

Bookings[email protected]

Telephone/ Whatsapp+27 78 930 4295 / +27 679332005

Email[email protected]

https://stephensonadventures.co.za/

Como é se hospedar no Sun City?

Um dos resorts mais famosos do país sem dúvidas é o Sun City . O motivo principal é que foi o primeiro resort 6 estrelas do mundo e já recebeu muitos famosos. O Complexo conta hoje com vários hotéis sendo que o mais luxuoso é o The Palace of the Lost City. Eu fiquei 3 dias hospedado nele e gostei bastante da experiência.

Para chegar lá a partir de Joanesburgo tem várias maneiras sendo que a mais em conta é alugar carro no aeroporto, visto que não há ônibus de linha e os transfers são caros. Costumam cobrar em torno de 1500 rands o trecho por um transfer privativo(ou seja mais de 200 dolares ida e volta). Há alguns transfers no aeroporto com horários específicos que custam em média 900 rands. O mais famoso é o da empresa Hylton Ross . A viagem dura em torno de 2 horas e meia de Joanesburgo.

The Palace of the Lost City

Os hóspedes têm direito a entrar gratuitamente no parque aquático Valley of the Waves.

Valley of the Waves. Parque aquático do complexo Sun City

Além do parque aquático tem um shopping dentro do complexo com uma praça de alimentação e lojas. Tem também um cassino e muitas piscinas para passarmos o dia. Para se locomover de um ponto a outro dentro do Sun City tem transfer gratuito de 15 em 15 minutos.

Piscina do The Palace of the Lost City

Meu quarto era bem espaçoso. Uma suite de luxo com banheira:

 

Sun City

6 Sandown Valley Crescent, Sandton
Gauteng, South Africa

https://www.suninternational.com/

Como é o safari no Kruger Park?

Normalmente quem vai para África do Sul busca os famosos safaris para ver os maiores mamiferos que são os big 5. o Kruger é uma ótima escolha apesar que muitos também optam por fazer safari perto do Sun City no Pilanesburg National Park. Eu conto toda minha experiência de safari aqui .

O que fazer na Cidade do Cabo?

São tantas atrações na cidade que até fica difícil escolher caso você tenha pouco tempo. Cape Town é realmente uma cidade fantástica. Vou resumir o que considero principal para fazer. Você pode fazer por conta alugando carro ou fazer Day tours.

1-Cabo da boa Esperança: Ao contrário do que muitos pensam esse não é o ponto mais meridional da África mas teve uma importância histórica e antigamente era chamado de Cabo das tormentas. Eu fiz um day tour para lá de bicicleta e achei bem legal.

2-Table Mountain: É uma das principais trilhas da cidade. Eu fui perto do pôr do sol. Fiz em aproximadamente 1 hora e meia para subir e desci com o bondinho.

3- Robben island: Essa é a ilha onde Nelson Mandela ficou preso. Para chegar até lá pode se pegar barco da Waterfront.

4-Lions Head: Essa é outra trilha muito bacana para se fazer. Não achei tão fácil, tem até uma área com correntes para segurar, mas tem outra trilha alternativa. Leva em torno de 2,5/3 horas para subir e descer, tirando fotos e parando para apreciar a paisagem.

5-Waterfront: Grande complexo com lojas, restaurantes, shows de rua, roda gigante e etc, localizado na zona portuária. É parada obrigatória em uma visita a cidade.

6- Boulders beach: Praia onde podemos ver pinguins. Dá para chegar de carro ou pagar Day tours para o Cabo da Boa Esperança que incluem a Boulders beach.

7-Tours de barco para ver focas: Algumas empresas vendem esse tipo de passeio de barco. 

8-Tours em vinícolas: Um passeio clássico a partir de cape Town. A principal cidade com as vinículas é Stalenbosh.

9-Passeio para nadar com tubarão branco: Não é um tour barato mas com certeza deve ser muito interessante a experiência. Eu não fiz, mas se voltar a Cape Town vou tentar ir.

10-Praias: Em dias quentes essa é uma ótima pedida mesmo com a água do mar sendo muito gelada. As praias mais famosas são Camps Bay, Clifton beach e Muzemberg que tem várias casinhas coloridas onde muitos tiram fotos.

11-Bo kaap: Bairro com várias casas coloridas. Muitos gostam de andar por lá e se perder pelas ruas sem rumo.

12-Long Street: Famosa rua dos mochileiros com muitas festas. Mesmo que não esteja hospedado por lá é bem legal ir na rua a noite e curtir as festas que rolam lá.

Onde se hospedar na Cidade do cabo?

Por ser uma cidade grande é díficil escolher um local para ficar. Muitos mochileiros optam pela Long Street que é onde ficam os hostels mais baratos. Para aqueles que querem uma experiência mais luxuosa e nas praias indico 2 hotéis que fiquei e aprovei.

1- Tintswalo Atlantic

O hotel se localiza na Hout bay em frente a praia em uma área muito bonita cercada de montanhas e bem exclusiva. O Local é de fácil acesso para quem está com carro alugado ou mesmo de Uber que funciona muito bem em cape Town e não é tão caro.

Entrada do Tintiswalo Atlantic

A rodovia onde está localizado o hotel é a Chapmans Peak drive. Uma estrada maravilhosa!!! Muitos percorrem ela para ver o pôr do sol e apreciar a paisagem, já que a rodovia se encontra no alto e a vista realmente é de cair o queixo.

O hotel conta com 11 suítes de luxo cada uma com um tema. Eu fiquei na Ithaca island cujo tema era Grécia. Ela é toda azul e com uma decoração nota 1000!!!

O banheiro é super espaçoso e tem uma banheira com vista da praia:

O café da manhã incluso na diária pode ser servido no quarto também. Eu preferi ir até o restaurante e a vista lá é incrível! Tem vários pães, frios, frutas e pratos quentes com ovos.

Muitas opções de frios no café da manhã. Tintswalo Atlantic

Uma das melhores áreas do hotel é a piscina com vista e água aquecida já que venta muito:

 

Chapman’s Peak Drive, Hout Bay, Cape Town

Emergency / After Hours Contact: +27 82 307 4796

[email protected]
[email protected]

http://tintswalo.com/atlantic/

2- Hotel & Spa 12 Apostles

Hotel 5 estrelas membro da Leading Hotels of the World e em frente a praia. Uma excelente opção!!!

O grande diferencial desse hotel é que apesar de estar em uma região mais afastada de tudo, ele conta com transfer gratuito para Waterfront e para a praia Camps bay que se localiza a poucos minutos de carro do hotel.

Como tudo por lá, os quartos são muito luxuosos. Eu fiquei em uma suite de frente para o mar:

Varanda do quarto. Vista incrível!

No banheiro uma banheira para dar aquela relaxada:

Há vários restaurantes e bares dentro do hotel, inclusive muitos que não são hóspedes vão até lá experimentar os pratos e bebidas. São três restaurantes e um bar: Cafe Grill, Azure restaurant, The Conservatory e Leopard bar.

O café da manhã é estilo buffet e servido no Azure restaurant:

Eu jantei um dia no Azure restaurant e achei a comida de fato muito boa. Pedi um peixe grelhado e de sobremesa um cheescake.

O Hotel também tem uma pisicna aquecida para relaxar:

 

https://www.12apostleshotel.com/

Onde comer na Cidade do cabo?

Restaurante Meloncino

Uma excelente opção de restaurante italiano na Waterfront!!! Eu jantei uma noite por lá e recomendo muito!!!

São muitas opções no cardápio e é até difícil escolher. Eu pedi de entrada Burrata con Insalata di Pomodoro Pachino e Gnocci Fritti. O primeiro consite em um queijo com tomates e Prosciutto e o segundo é bem diferente do Gnocci que conhecemos no Brasil, basicamente é a mesma massa de batata mas é frita e o sabor é único, ainda mais com o queijo Gorgonzola.

Entrada: Gnocci fritti e Burrata

De prato principal pedi frutos do mar mas também tem as clássicas massas para os amantes.

Lulas com camarões. Restaurante Meloncino

A sobremesa foi uma torta de três chocolates com sorvete:

Shop 259
Upper Level
V&A Waterfront
Cape Town
8001

Tel: +27 (0)21 419 5558
Fax: +27 (0)21 419 5559
Email: [email protected]

http://www.meloncino.co.za/index.php

Para mais informações e dicas acesse meu instagram @drdiegoviajando