English EN Portuguese PT Spanish ES

Jordânia: dicas e roteiro

Minha viagem pela Jordânia foi perfeita.O país é muito seguro e muito receptivo,sendo o turismo uma fonte de renda.Eles estão acostumados a receber turistas.Fiz Amã,Petra,Wadi rum e Aqaba e vou tentar resumir aqui a viagem.

Dia 1-Amã

Logo na chegada ao aeroporto tomei meu primeiro susto quanto a obtenção do visto pois não sabia que era tão caro.O preço foi 40 dinars e eles só aceitavam na moeda local portanto tive que trocar dinheiro em frente na casa de câmbio.Não é um país muito barato em alguns aspectos.
Se tem uma coisa que não foi cara foi hospedagem paguei por pessoa(em quartos triplos) 15 dinars(20 dólares) por dia e em bons hotéis.Tudo reservado previamente.
Ao sair do aeroporto o primeiro impacto com o mundo árabe foi o fato das pessoas não falarem inglês.Recebi muitos NO ENGLISH ao pedir informações quanto ao transporte de táxi para o hotel.Cheguei para uns taxistas com o papel na mão e eles todos falando árabe não entendiam a escrita em inglês do meu papel,discutiam entre si.Foi então que resolvi ir até o balcão de informações e encontrei um senhor disposto a me ajudar(lógico que cobrou depois, mas foi só uma gorjeta) e ele me levou até uma mulher que ligou no meu hotel pediu a direção e escreveu em árabe(ufa!!).Voltei aos taxistas e um deles me levou por 22 dinar para o hotel que por sinal FOI EXCELENTE!!!O hotel é novo e não muito bem localizado,daí a dificuldade de se achar ele.
O hotel que fiquei era na verdade um apart hotel,se chama AL NAKHEEL apartaments cujo dono foi o grande responsável pela excelente estadia.Quando chegamos as 11hs o dono já veio falar com a gente mostrar o apartamento com 2 quartos,uma cozinha,uma sala grande e já nos ofereceu DE GRAÇA um tour por Amã naquela tarde no carro dele e também falou que iria levar a gente para trocar dinheiro e comprar as passagens de ônibus para petra e ele realmente fez tudo isso.Nos levando por toda Amã em todos os pontos turísticos e nos deixou em um shopping na volta e ainda se prontificou a nos levar para estação de ônibus as 5hs da manhã para pegarmos o ônibus para Petra.Ele foi muito gentil!!!o hotel é novo e um pouco afastado e muito bem conceituado. Nunca tive esse tratamento em lugar nenhum!!! Recomendo!!! tudo isso por 20 dólares por pessoa a diária.




Dia 2-Amã-Mar Morto

Levantamos bem cedo e fizemos um pacote com um taxista(recomendado pelo dono do hotel que por sinal encontrou um com preço bom para gente) pagamos 70 dinar(100 dólares) para 3 pessoas full day e ficou combinado que o taxista iria nos levar até o Mar morto pela manhã e a tarde na cidade de Masada onde tem o monte Nebo.Muito bonito por sinal!!
Em aproximadamente 1 hora e trinta minutos chegamos no mar Morto a partir de Amã e logo avistamos muitos resorts .Algumas pessoas dormem lá.Nós optamos por passar uma manhã e não nos arrependemos.Perto do mar Morto o clima é melhor que em Amã fazendo mais calor(em Amã estávamos com frio,foi mês de abril).
Lá todos os lugares para entrar no mar são pagos,o mais barato custa 15 dinar e é uma praia pública que o taxista não recomendou por não ter banheiro nem outras facilidades,então por 20 dinar por pessoa ficamos em outro resort com piscinas e muito mais bonito, para quando enjoássemos do sal do mar morto nadarmos na piscina.Ficamos 3hs lá dentro e foi o suficiente.Ás 13 hs partimos para Masada onde iríamos almoçar.No caminho passamos pelo local onde teve batismo de Jesus no rio Jordão mas não entramos porque não tínhamos combinado isso com o taxista e não daria tempo também.

Fomos a Masada onde avistamos o deserto e o Monte Nebo.Muito bonito!!!A noite voltamos para o hotel e nosso bairro era super isolado não tinha nada para fazer.Dormimos porque no outro dia pegaríamos as 5hs da manhã o ônibus para Petra.



Dia 3-Petra

Saímos bem cedo de Amã e por volta das 10 hs chegamos em Petra.Que cidade diferente e bonita!!!tranquila e vazia.A cidade é vazia mas dentro do parque parece que tinha um milhão de pessoas,acho que as pessoas fazem um dia inteiro a partir de outras cidades e não dormem lá.Nós dormimos UMA noite e foi bom, porque aproveitamos 2 dias de parque.Ficamos em um hotel não muito bom porém muito bem localizado perto do portão e com café da manhã incluso também por 20 dólares/pessoa por dia.Muito barato!!! O nome do hotel é Petra home.Reservado previamente.
Ao chegarmos no hotel o dono não queria deixar a gente entrar porque o check in era 14 hs.Este cara diferente do outro dono do hotel de Amã era chato,então decidimos girar a cidade para procurar o passeio para o deserto de Wadi rum no outro dia e almoçar.
Às 14 hs fomos para o parque(a entrada custa 50 dinar 1 dia de parque e 55 dinars dois dias), ficamos até as 19:30 hs.Sim!!! foi BEM cansativo andamos muito e mesmo assim não conseguimos ver tudo este dia e deixamos para o outro dia de manhã,mas chegamos até o mosteiro que é o tesouro do indiana jones pelo menos.No começo estava muito cheio mas quando anoiteceu foi ficando melhor, a rocha mudou de cor e estava mais vazio.As fotos ficaram melhores sem muvuca.
A noite comemos uma pizza muito boa em um restaurante na rua principal.Todos os restaurantes lá no centrinho perto do portão vendem pizza, tipo pizza hut.Vale a pena!!! Para quem tem pressa dá sim para fazer um dia só de parque e ver o principal.Outra atração interessante é o Petra by night.Recomendaram mas eu não fiz!!!









Dia 4_Petra e Wadi Rum

Nesse dia levantamos bem cedo para fazer o restante do parque de Petra e depois as 12hs compramos um tour por 99 dólares/pessoa que incluía o transporte de Petra para Wadi Rum mais um passeio de jipe, mais o acampamento beduíno, mais o jantar com café da manhã no dia seguinte e mais o transporte de Wadi rum para o nosso hotel em Aqaba,ou seja ficou muito bom o preço.
Ás 8hs já estávamos no portão e meio na correria fizemos o restante do parque,mesmo assim não vimos tudo mas saí satisfeito com tudo que vi porque já estava até se repetindo os cenários.Ás 12 hs pontualmente após o almoço já estava um árabe taxista no nosso hotel pronto para nos levar a Wadi Rum.
O cenário de wadi Rum é de outro mundo(vejam as fotos) o passeio de jipe durou cerca de 2 horas e por volta das 17 horas estávamos já no acampamento beduíno.Pagamos a parte 15 dinar para andar de camelo por uma hora,perto do acampamento e foi muito bom.Às 20 hs jantamos comida árabe com fogueira e tudo.Foi uma noite inesquecível!!!Todos que vão para Jordânia têm que dormir no deserto!!!







Dia 5-Wadi Rum-Aqaba

Nesse dia acordamos cedo no acampamento e tomamos café.Como combinado saímos de Wadi Rum rumo a Aqaba e as 13 hs já estávamos no nosso hotel(muito bom também!!!),chama Al quidra bem conceituado no booking e bem localizado com um staff muito preparado.
Este dia só giramos bastante Aqaba e já deu pra perceber a diferença do resto da Jordânia.Lá, camelos andam nas ruas e é uma cidade litorânea com um clima diferenciado banhada pelo mar vermelho.


Dia 6-Aqaba

Compramos mergulho e snorkel no mar vermelho.O mergulho lá é muito barato(cerca de 60 dolares para quem tem carteira internacional mas para quem é iniciante lá é um excelente lugar para aprender também).Logo cedo partimos da agência em direção ao mar vermelho,leva cerca de 20 minutos do centro apenas.
Chegando, divide quem vai fazer snorkel e mergulho,e entrega-se os equipamentos necessarios.Sinceramente apesar de ter fama de ser o melhor lugar para mergulho não se vê tanta coisa assim e a visibilidade não é excelente mas mesmo para snorkel é interessante(mas não espetacular).Às 14 hs já estávamos de volta no hotel.
Tiramos o resto da tarde novamente para andar em Aqaba.






Dia 6-Aqaba

Este dia compramos por 15 dinar um passeio para BERENICE BEACH no próprio hotel com transfer incluso.Este lugar na verdade é um resort muito famoso por lá que cobra a entrada e assim como no mar morto possui piscinas e cadeiras a beira do mar vermelho,alimentação lá é um pouco mais caro.
Passamos o dia todo curtindo praia e piscina e voltamos as 16 hs de barco com vista para Eilat em israel.Taba no Egito e Arabia saudita do outro lado.Nessa viagem não podia ir para Israel porque iria voltar para o Líbano e não podia ter o carimbo,mas para quem quiser é muito perto a fronteira e dá para combinar todos esse países.


Dia 7-Aqaba-Amã

Era o dia de ir embora e as 6hs partimos em direção ao aeroporto porque tinha comprado um voo pela royal jordanian em direção a Amã.Chegando no aeroporto SURPRESA!!! os militares não nos deixaram entrar alegando que não havia voo aquela hora.Insistimos e ao entrarmos,de fato o aeroporto estava vazio.
O taxista foi muito gente boa e levou a gente correndo até a rodoviária para pegarmos o ônibus das 7hs.Chegamos em cima da hora para pegar o ônibus para Amã.
Nesse mesmo dia tínhamos um voo para Beirute de onde partiríamos para o Brasil.Foi muita sorte eu não perder a conexão porque era somente a tarde o voo, então em 4hs chegamos a tempo em Amã.Ao questionar a porcaria da Royal Jordanian eles alegaram q o voo havia sido cancelado e mudado para o dia anterior mas que eles haviam enviado email.Um descaso!!! ficaram de me devolver o dinheiro mas nada até agora!!! este foi o único imprevisto da viagem.
Resumo:Fui tratado muito bem na Jordânia por todos.O país é espetacular e vale muito a pena a visita.No começo tive dificuldade mas depois encontrei muitas pessoas falando inglês.Os árabes são meio tarados,então mulheres tomem cuidado com assédios.A maioria da população é muçulmana porém eles estão acostumados com estrangeiros.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Dr. Diego Viajando

Posts Relacionados

Dicas de Edimburgo na Escócia

Edimburgo é a capital da Escócia no Reino Unido. Ela tem uma beleza única! A cidade é dominada pelo Castelo de Edimburgo construído sobre uma

O que fazer em Buenos Aires?

Buenos Aires, capital da Argentina, sempre foi um destino requisitado por brasileiros devido a proximidade com nosso país, e atualmente também devido aos preços que

Onde comer em Londres?

Londres é um dos destinos mais desejados por brasileiros e não é para menos! A cidade é bem animada e com muitas atrações. No quesito